continuação

3-4 D.Rita Cândida Gomes da Silva Belfort, nascida em São Luiz. Casou-se com o

                                capitão João da Silva Campos, natural da freguesia de S. João do Campo, do

                                Arcebispado de Braga: teve: (406) /

                                4-1 D.Altina Rita da Silva, nascida em São Luiz. Casou-se com Francisco Joaquim    

                                       de Castro Belfort , filho do Coronel Lourenço Luzitano de Castro Belfort e

                                       de D. Cândida Veridiana de Quadros, em S.Luiz, a 3-2-1852.

                         3-5 Manoel Gomes da Silva Belfort, Barão de Coroatá, por Decreto de 2-12-1854.        

                                   

                                Fidalgo Cavaleiro da Casa Imperial.Nasceu em S. Luiz a 19 de Junho de 1788. 

                                Casou-se em 1ªs. núpcias com D.Joana Ubaldo Belfort. Teve:

                                 4-1 D.Maria Bárbara Gomes da Silva Belfort, nascida em São Luiz. Casou-se com

                                       Tiago José Salgado de Sá Moscozo, filho do capitão-mor Rodrigo Luiz

                                        Salgado de Sá Moscozo e de S. Luiza Rita de Souza Salgado, em S. Luiz a

                                        276-2-1832 (Livro n.8 – 1824-1841 – fls.103).Teve;

                                         5-1 D..Joana Ubaldo Belfort Salgado, nascida em São Luiz. Casou-se a 18

                                               10-1852 com Luiz da Rocha Santos, filho de João da Rocha Santos e de

                                               D. Urbana do Carmo Santos (Livro n.9 – 1841-1872 – fls. 59 verso).

                                  4-2 Rosa de Viterbo Gomes da Silva Belfort, nascida em S.Luiz a 9 de junho de

                                        1817. Casou-se com o Dr. Viriato Bandeira Duarte, filho do Dr,. Francisco

                                        de Paula Pereira Duarte e D.Carlota Joaquina Bandeira, adiante

                                        mencionados.

                                 Manoel Gomes da Silva Belfort, Barão de Coroatá, casou-se em 2ªs. núpcias com   D. Luiza Cândida de Burgos, filha do Barão de Itapicurú-Mirim, tenente-coronel José Felix Pereira de Burgos e de D. Ana Teresa Belfort, em S.Luiz a 29 de maio de 1826.Tendo sua 2ª. Esposa falecido a 2 de  novembro de 1845.Casou-se ainda em 3ªs. núpcias com D. Maria Benedita Pereira de Burgos, conforme se verifica pela transcrição do respectivo assento:

                        “Livro nº 9 de 1841-1872 – pg. 31 verso – aos vinte e três dias do mez de Janeiro de 1847,  habilitados e dispensados os contrahentes abaixo declarados, dos impedimentos de 1º grau de afinidade licito terceiro mixto do 2º de consangüinidade em linha lateral como consta do mandato de casamento passado pela Câmara Episcopal, o qual fica em meu poder, sem me constar algum outro impedimento, por presença do muito Rdo.Provisor Vigário Geral Arcediago João Ignácio de Morais Rego, presentes as testemunhas o Dr. Viriato Bandeira Duarte e Thiago José Salgado de Sá Moscozo e
D. Ana Theresa de Burgos; na caza de rezidencia dos contrahentes, pelas oito horas da noite, se receberão em matrimonio em face da Igreja, por palavras de presente Manoel Gomes da Silva Belfort, viúvo por falecimento de D.Luiza Cândida Pereira de Burgos, com D. Maria Benedicta Pereira de Burgos, filha legitima do Coronel Felix Pereira de Burgos e de Dona Anna Theresa Belfort de Burgos já falecidos, ambos os contrahentes parochianos desta freguesia de N.Senhora da Victoria da cidade do Maranhão e logo lhes deu as Bênçãos nupciaes na forma do Sagrado Concilio Tridentino, digo na forma do Ritual Romano e para constar fis este assento que assignei.O Vigário Domingos de Rocha Viana. Cura da Catedral.

                        Faleceu o Barão de Coroatá a 20 de Abril de 1860, na Capital do Maranhão.(Efemérides Maranhenses, Prof. J. Ribeiro do Amaral, 1ª Parte, ed.1823, pg.168). (407) /

                            3-6 D. Clementina Rosa, nascida em São Luiz. Casou-se com o coronel Roberto Joaquim de Macedo, natural da freguesia de Santos, na cidade de Lisboa, filho de Luiz de Macedo do Amaral e de D. Felipa da Costa, em S. Luiz do Maranhão a 18 de maio de 1808. (Liv.º Cãs.º freg. Do Itapicurú, fls. 66).

                            3-7 Comendador Fábio Gomes da Silva Belfort, nascido em são Luiz. Casou-se com D. Olímpia Amália de Macedo, filha de Roberto Joaquim, de Macedo e de D. Francisca Maria Freire de Macedo, em oratório da Fazenda de D. Inácia Maria Freire Marques, na freguesia de N.S.do Rosário do Itapicurú, a 2 de junho de 1816; teve:

                                    4-1 Felipe Quinto Gomes da Silva Belfort, nascido em S.Luiz do Maranhão,  batizado a 13 de outubro de 1817. Casou-se com D. Lucrecia Augusta da  Serra Belfort, filha de José Bernardes Belfort Serra e de D. Maria Raimunda Nunes  Belfort.

                                          5-1 José Gomes da Silva Belfort, nascida em S.Luiz a 24 de junho de 1845 e  

                                                 batizado na freguesia de N.S.da Victoria, Cathedral do Maranhão a 16

                                                 de agosto de 1845. Casou-se com D. Isabel Gonçalves Ribeiro.

                                          5-2 D. Filomena Gomes da Silva Belfort, nascida em São Luiz.

                                          5-3 D. Maria José, nascida em S.Luiz. Casou-se em 3ªs núpcias com o   

                                                 General Francisco Gomes de Souza, filho do Coronel Inácio José

                                                 Gomes de Souza e D. Antonia de Brito Gomes de Souza (com geração

                                                 adiante mencionada).

                                    4-2 Elias Gomes da Silva Belfort, nascido em S. Luiz, Faleceu a 12 de Setembro      

                                          de 1839, com 17 anos.

                     2-5 D.Francisca Maria, nascida em São Luiz do Maranhão em 1759.Casou-se com o

                               Coronel Roberto Joaquim de Macedo, Cavaleiro professo da Ordem Militar de

                               Bento de Aviz, natural de Lisboa, filho de Luiz Macedo do Amaral e de D. Filipa

                               Clemência da Costa, na freguesia da Sé, Catedral do Maranhão, a 22 de maio de

                               1797. Teve:

                            3-1 D.Olímpia Amália de Macedo, nascida em São Luiz,Casou-se com o 

                                   comendador Fábio Gomes da Silva Belfort, filho de Filipe Marques da Silva e

                                   de D. Inácia Maria Freire, com S.Luiz a 2-6-1816 (com descendência já

                                   mencionada).

                     2-6  D.Lourença Maria Freire, nascida em São Luiz do Maranhão em 1761. Casou-se com

                             o Alferes Joaquim Antonio Gomes de Souza, filho do Mestre de Campo José Antonio Gomes de Souza e  de D. Maria Micaela Cantanhede, em o Oratorio da Fazenda Santa Ana na Ribeira do Itapicurú a 11 de novembro de 1795. Ao Mestre  de Campo José Antonio Gomes de Souza foi passada carta de brasão-de-armas em 28-9-1798, cuja original aqui se reproduz.  

                         

                         2-7 Joana Maria, nascida em S.Luiz em 1765.Casou-se com o Sargento-Mor Luiz  Fernandes Ribeiro, filho de Afonso leitão de Pinho e de S. Leonor Salgueira, natural de Mazagão, Patr.de Lisboa, em S. Luiz do Maranhão a 15 de abril de 1792. Falecida a 29 de dezembro de 1803; Teve: (408) /

                                 3-1 Alferes Raimundo Luiz Ribeiro, nascido em São Luiz. Casou-se com D. Jesuína Amália Nunes Belfort, filha do tenente-coronel Feliciano Antonio Nunes e D.Luiza Maria Freire. Teve:

                                        4-1 D.Luiza, nascida em S. Luiz a 12-4-1819

                                  4-2 D. Maria Amália, nascida em S. Luiz. Casou-se com o Coronel José

                                                    Nunes de Souza Belfort, filho de Antonio Sales Nunes Belfort e de

                                                    D.Luiza Amália de Souza Belfort,( geração a fls......).

                                        4-3 Carlota, nacido em S.Luiz

                                        4-4 D. Joana, nascida me S. Luiz

      4-5 D.Lourença, nascida em S. Luiz

      4-6 D.Cândida, nascida em S. Luiz. Casou-se com Joaquim Raimundo Nunes 

            filho do Tenente-coronel Feliciano Antonio Marcelo Nunes e de D. Luiza

            Maria Freire (com geração fls..........).

      4-7 D.Jesuína , nascida em S. Luiz

             3-2 Cândida, nascida em S. Luiz

       2-8 D.Brígida Maria, nascida em S. Luiz em 1770. Casou-se com o Coronel Bernardo   José dos Santos, natural da Vila de Lisbão, freg. De N.S. da Lapa, filho de Domingos Francisco dos Santos e de D. Leonarda Maria dos Anjos, em S. Luiz a 7 de fevereiro de 1801. Falecida a 26 de abril de 1802.(Livº de Óbitos Sé Catedral, n.7 fls.31). s.g.

       2-9 D.Luiza Maria, nascida em S.Luiz. Casou-se com o tenente-coronel Feliciano Marcelino Nunes, natural de Lisboa, filho de Manoel Nunes e de D.Josefa Rita.Teve:

               3-1 Cap.José Marcelino Nunes Belfort, nasc. Em S. Luiz. Casou-se com D. Ana Rita , filha do Coronel Antonio Sales Nunes Belfort e de D. Luiza Amália de Souza, a 8-4-1833. Falecido a 1 de janeiro de 1849, com 54 anos.

               3-2 D. Feliciana, nascida em São Luiz do Maranhão a 17 de junho de 1789. Casou-se com o seu primo o Major José Lino Nunes Belfort, filho de Tomaz Aniceto Nunes e de D. Ana Maria do Rosário (com descendência já mencionada)

                    3-3 D.Rita, nascida em S.Luiz do Maranhão. Casou-se com Caetano Rocha; s.g.

                     3-4 D.Jesuína, nascida em São Luiz do Maranhão. Casou-se com Raimundo Luiz Ribeiro, filho do sargento-mor Luiz Fernandes Ribeiro e de D. Joana Maria Freire. Faleceu em S. Luiz a 20 de abril de 1853 ( com descendência já mencionada)

                     3-5 D. Ana Felinta, nascida em são Luiz do Maranhão e falecida a 5 de outubro de 1862, com 62 anos de idade. Foi casada (29 de junho de 1833) com Sebastião José Henriques, falecido em São Luiz a 27 de junho de 1859, com 53 anos de idade, filho do Capitão José Joaquim Henriques e de D. Apolônia Maria do Sacramento; Teve:

                           4-1 D. Maria Madalena, nascida em S.Luiz do Maranhão. Faleceu a 2 de maio     

                                 de 1869, com 24 anos de idade. (409) /

                    3-6 Capitão Joaquim Raimundo Nunes Belfort, nascido em São Luiz do Maranhão. Casou-se com  D. Cândida Rosa Ribeiro, filha do sargento-mor Luiz Fernandes Ribeiro e de D. Joana Maria Freire; Teve:

                              4-1 José Candido Nunes Belfort, nascido em São Luiz e falecido a 29 de

                                    junho de 1879.

                              4-2 Tenente-Coronel Joaquim Raimundo Nunes Belfort, Barão de Santa Rosa (Decreto de 24-3-1883). Nasceu em São Luiz do Maranhão e casou-se com D. Maria Madalena Viana Henriques, filha do Comendador Luiz José Henriques e de D. Maria Apolônia Viana Henriques.

                     3-7 D.Maria Raimunda Nunes Belfort, nascida em São Luiz do Maranhão e

                               falecida a 23 de setembro de 1858 com 49 anos de idade.Foi casada com o

                               alferes José Bernardes Belfort, natural de São Luiz, filho de José Bernardes

                               da Serra Freire e de D. Angélica Maria Belfort. Teve:

                               4-1 D.Lucrecia Augusta da Serra Belfort, nascida em S.Luiz do Maranhão. Casou-se em 1ªs. núpcias com Felipe Quinto Gomes da Silva Belfort e, em 2ªs.núpcias com o Visconde de S. Luiz do Maranhão, Antonio Marcelino Nunes Gonçalves (com geração já mencionada).

                 

                              4-2 D. Maria José da Serra Belfort, nascida em S.Luiz. Casou-se com

                                     Francisco Carneiro Homem de Souto Maior.

                       3-8 Antonio Feliciano Nunes Belfort, nascido em São Luiz do Maranhão. Casou-se com Joana Rozaura Ribeiro, filha de Fernando Luiz Ribeiro e de D.Joana Rozaura Nunes Belfort, em São Luiz , a 29 de junho de 1833 (Livro n.8 fls.125). Faleceu a 10 de março de 1851, com 33 anos de idade (Livro n.12, Sé Catedral fls.171). Teve:

                              4-1 D.Joana Amália Nunes Belfort, nascida em S. Luiz do Maranhão.e falecida a 21 de março de 1839, com 3 anos de idade (Livro n.11 da Sé Catedral)

                              4-2 Antonio Feliciano Nunes Belfort Jr., falecido a 9-6-1849 com 12 anos

                                   (Lº 12, Sé Catedral, fls.152).

                        3-9 Feliciano Nunes Belfort, nascido em São Luiz do Maranhão

                        3-10 D. Joana Nunes Belfort, nascida em São Luiz do Maranhão. Casou-se com

                                 Fernando Luiz Ribeiro e faleceu a 11 de junho de 1831, com 30 anos de 

                                 idade. (Livro n.10, Sé Catedral fls.145). Teve:

                                4-1 Elias, nascido em S.Luiz

                                4-2 D. Joana, nascida em S.Luiz

                                4-3 Fernando, nascido em S.Luiz.

                                4-4 Joaquim, nascido  em S. Luiz a 1 de Setembro de 1798 e batizado no            

                                    Sitio “Santa Bárbara” a 16 de setembro de 1798.

             4-5 Raimundo, nascido em S. Luiz.

             4-6 Viriato, nascido em S.Luiz. (410) /

 

§ II

 

1-1     Ricardo Belfor, nascido em São Luiz do Maranhão. Casou-se a 15-21763 na capital do Maranhão com D. Esmeria Maria de Jesus, filha de Valentim Frazão Castelim, conforme se verifica pela transcrição do respectivo assento:

    “Cúria Metropolitana do Arcebispado de São Luiz do Maranhão. – Certifico que revendo o livro nº 3 fls.90 de assentos de Cazamentos feitos em a Parochia de N.S. da Victoria Sé Cathedral, deste Arcebispado em o anno de mil setecentos e secenta e três annos, encontrei o assentamento do seguinte theor: Aos quinze de Fevereiro de mil setecentos e secenta e três annos, nesta freguesia da Sé Matriz de N.S. da Victoria do Maranhão, nella feitas as três denunciações sem se descobrirem impedimento algum, se receberam em minha presença in facie ecclesiae,  Ricardo Belfort, filho legitimo de Lourenço Belfort e de Izabel de Andrade, já falecida, com Esméria Maria, filha legitima de Valentim Frazão Castelim e de sua mulher Angélica de Britto, naturais e moradores nesta Cidade e freguesia e receberão as bençãos nupciaes na forma da Egreja, foram testemunhas presentes o Capitão Vicente Ferreyra, João Ignácio de Moraes Rego, que aqui assignarão, do que para constar fiz este assento em que me assigno, era dia ut supra. O Coadjutor Bernardo Beckman. – Nada mais continha o referido assentamento que foi fielmente copiado. Ita in fide sacerdotis. Curia Metropolitana de S.Luiz do Maranhão,29 de outubro de 1940. – C.J.M. Lemercier, Chanceler do Arcebispado.” Filhos:

2-1 D.Angélica Maria, nascida em S.Luiz. Casou-se com José Bernardes da Serra Freire, 

      filho do capitão Alexandre da Serra Freire e D. Maria Josefa de Castro; teve:

       3-1 Alferes José Bernardes da Serra Freire, nascido em S. Luiz.Casou-se com D.Maria Raimunda Nunes Belfort, filha do Tenente-Coronel Feliciano Antonio Nunes e de D. Luiza Maria Belfort; teve:

             4-1 Lucrécia Augusta Belfort Serra, nascida em S.Luiz. Casou-se com Filippe Quinto Gomes da Silva Belfort, filho do Comendador Fábio Gomes da Silva Belfort e D.Olímpia Amália de Macedo (com descendência já mencionada). D.Lucrécia Augusta Belfort Serra, acima mencionada, casou-se em 2ªs núpcias com o Dr. Antonio Marcelino Nunes Gonçalves, Visconde de S.Luiz do Maranhão (*), natural da freguesia das Dores de Vila do Itapicurú-Mirim, filho do comendador Joaquim José Gonçalves e de D. Isabel Marcelina Nunes Belfort, em S.Luiz do Maranhão, a 8 de fevereiro de 1850.Teve:

                    5-1 D.Juliana, s.g.

4-2 D.Maria José, nascida em S. Luiz, Casou-se com Francisco Carneiro Homem de Souto Mayor.

(*) Visconde com grandeza por decreto de 13-6-1888; comendador das imperiais Ordens de Cristro e da Rosa. Foi presidente das Províncias do Rio Grande do Norte (1858), do Ceará (1859) e de Pernambuco (1861); deputado à Assembléia Geral pelo Maranhão na 12ª legislatura (1864-1866), Bacharel em direito; senador pela Província do Maranhão (1865), conselheiro de Estado em 1889 e desembargador aposentado. (411) /

     3-2 D. Ana Lúcia, nascida em S. Luiz. Casou-se com Joaquim Alexandre da Serra Freire, filho de João Carlos da Serra Freire e D. Rita Maria Joaquina Cardoso, em S.Luiz a 21-10-1810. Desse Matrimônio houve:  

           4-1 Joaquim Alexandre da Serra, nascido em S.Luiz

           4-2 Viriato da Serra, nascido em S.Luiz

           4-3 D.Lívia da Serra, nascida em S. Luiz

           4-4 D.Rita da Serra, nascida em S.Luiz

           4-5 D.Maria Lina da Serra, nascida em S.Luiz.

           D.Ana Lúcia mencionada (3-2) casou-se em 2ªs núpcias com Joaquim Maria Serra; teve

4-3 D.Maria da Glória, nascida em S.Luiz. Casou-se com José Francisco Garrido; s.d.

4-4  D.Angélica, nascida em S. Luiz a 24 de maio de 1828 e batizada a 4-2-1829.Casou-se com o tenente-coronel Raimundo de Brito Gomes de Souza, filho do major Inácio José Gomes de Souza, com descendência adiante mencionada.

4-5  D.Ana, nascida em S.Luiz.Batizada a 28-8-1830. Casou-se com Joaquim Guilhon, filho de Joaquim José Guilhon e de Emilia Serra; s.d.

4-6  D.Joaquina, nascida em S.Luiz.Batizada a 6 de março de 1831.

4-7 Tancredo, nascido em S.Luiz a 17-2-18312 e batizado a 30-4-1832. Casou-se  

       com D.Emilia Guilhon, filha de Joaquim Guilhon e de Emilia Serra; teve:

       5-1 D.Maria José, nascida em S.Luiz.Casou-se com Joaquim Serra Martins; teve

       5-2 D.Ana Luiza, nascida em S.Luiz

       5-3 D.Maria Madalena, nascida em S.Luiz. Casou-se com Armando dos Reis Raiol; s.d.        

4-8 José de Jesus, nascido em S. Luiz

 2-2 D.Maria Madalena, nascida em S.Luiz do Maranhão e batizada a 7-8-1768 (Livro nº 5 fls.   117). Casou-se com o tenente- de Milícias Joaquim da Serra Freire, filho do capitão Alexandre da Serra Freire e D.Maria Josefa de Castro, em S.Luiz, a 29 de março de 1797; teve:

      3-1 D.Maria Lavinia, nascida em S.Luiz e batizada a 24-11-1788. Faleceu a 9-8=1857, solteiro

      3-2 D.Carlota Joaquina,batizada a 25-10-1790 no sítio Dublin, distrito da freguesia de N.S.do Rosário do Itapicurú. (Livro IV, fls. 56 de assentos de Justificações da Câmara Eclesiástica do Arcebispado de S.Luiz do Maranhão). Casou-se a 11-11-1816 com Antonio José Gomes da Torre de (412)  Moncorvo, Arcebispado de Braga , filho de José Luiz dos Santos e D.Maria José de Moraes (Livro nº. VII de assentos de Casamentos da Paróquia de N.S. da Victoria, Sé Cathedral, fls.144).Teve:

             4-1 Antonio José da Serra Gomes, Marquês de Penafiel, nascido em São Luiz do Maranhão a 30 de Agosto de 1819, foi batizado a 15 de novembro de 1819. Ingressado na carreira diplomática, por decreto de 9-7-1846, foi nomeado adido de 2ª classe à Legação Imperial do Brasil em Lisboa.Por decreto de 23-9-1850, foi promovido a adido de 1ª classe.Serviu como adido de legação com os ministros Antonio de Menezes Vasconcelos de Drumond e Barão de Itamaracá. Casou-se a 6-2-1861, com D.Maria da Assunção Adelaide da Mata de Souza Coutinho, 2ª Condessa de Penafiel, nascida em Paris a 3-3-1827; dama de honor da Rainha de Portugal Dona Maria Pia e dama da “Soberana Ordem Militar de Malta”. A Condessa D.Maria da Assunção era filha dos 1ºs. Condes de Penafiel e neta paterna de José Antonio da Mata de Souza Coutinho, correio-mor, do Reino de Portugal, e materna dos 1ºs marqueses de Belas.

                            Em 14 do mesmo mês e ano, naturalizou-se português, sendo autorizado a usar “maritali nomine” o título de Conde de Penafiel e nomeado oficial mor da Casa Real, logar que lhe cabia como sucessor dos Correios-mores (*).Pedindo exoneração do corpo diplomático do Império, foi-lhe concedida por decreto de 9-3-1861.Nessa ocasião, pelos bons serviços prestados, foi agraciado com o oficialato da “Imperial Ordem da Rosa”.

                           Em 1869, a 5 de fevereiro, foi elevado a Marquês de Penafiel, por decreto real, e nomeado Par do Reino (por sucessão ao sogro), competindo-lhe por isso as honras de Grande do Reino, nos termos do decreto com força da lei de 28-9-1855.

                           A nobre Casa de Penafiel era extraordinariamente rica.Em 1880, o Marquês foi nomeado enviado extraordinário e ministro plenipotenciário de Portugal junto á Corte de Berlim. Nesse posto permaneceu até a sua morte, que ocorreu naquela capital em 30 de dezembro de 1891.Possuía mais as seguintes condecorações: Grã Cruz da “Real Ordem Militar de N.S.da Conceição de Vila Viçosa Padroeira do Reino de Portugal”, da “Ordem da Águia Vermelha” (da Prússia), da “Ordem dos Príncipes” (da casa de Hohenzollern), da “Ordem de Alberto, o Valoroso, da Saxônia”, da “Ordem de Ernesto Pio de Saxe-Coburgo e Gota” e da “Ordem de Medjidié (da Turquia).

              (*) Há, aqui, um pequeno equívoco do A.,    pois desde 1797, pelos alvarás de 18 de janeiro e 16 de março daquele ano, que o oficio de Correio-Mor ficou incorporado à Fazenda Real, mediante recompensas (entre as quais o título de Conde de Penafiel, desaparecendo assim o privilégio concedido por Felipe II de Portugal (carta de 19 de julho de 1606). A Luiz Gomes da Mata, a quem o rei vendeu o dito oficio pela importância de 70.000 cruzados.Ess Luiz Gomes da Mata foi o 5º avô de Manuel da Maternidade da Mata de Souza Coutinho, 1º Conde de Penafiel, último correio-mor do Reino e sogro de Antonio José da Serra Gomes. Portanto, a mercê de oficial-mor da Casa Real só poderia ter sido concedida por merecimentos pessoais e não por qualquer direito “que lhe cabia como sucessor dos correio-mores” que não mais existiam em Portugal (N.da R.).( 413) / comendador da “Real Ordem Militar de N.S. Jesus Cristo” e Oficial da “Legion d’Honneur” e da “Instruction Publique”, da França. Deixou dois filhos:

5-1 Manoel Antonio Maria Apolônia da Serra Freire Belfort Gomes da Mata de Souza Coutinho, 2º Marquês e 3º Conde de Penafiel, Par e Grande do Reino de Portugal, oficial-mor da Casa Real. Nasceu a 9-2-1862. Bacharel em Letras, formou-se em Direito pela Universidade de Paris.Foi secretário da Legação de Portugal no Império Alemão e, em 1895 e 1896, secretário da Embaixada na Santa Sé; comendador da “Real Ordem Militar de N.S.Jesus Cristo” e Cavaleiro da “Ordem de Malta”. Faleceu a 18-10-1922. Foi casado em Roma, a 9-2-1895, com D.Mariana de Martens Ferrão, irmã do diplomata, português Conde de Martens Ferrão e filha de João Batista de Carvalho Martens da Silva Ferrão de Castelo Branco e de D.Mariana de Siqueira Barreto.Teve:

      6-1 Dom João Antonio Maria Gomes da Mata de Souza Coutinho, 3º Marquês e 4º conde de Penafiel, (nascido a 7-3-1896. Alistou-se no Exército Nacionalista Espanhol durante a guerra civil (1936-1939) e consta que morreu heroicamente.

      6-2 Dom Antonio Manoel Maria Gomes da Mata de Souza Coutinho, casado com Dona Maria José Barroso da Câmara, filha de Dom Luiz Maria José de Jesus da Câmara (da Família dos Marqueses e Condes de Ribeira Grande) e de D.Maria do Pilar de Andrade Corvo Barroso.Tem:

            7-1 D.Maria José de Jesus da Câmara da Mata de Souza Coutinho, nascida a 18 de fevereiro de 1925.

            7-2 D.Maria de Assunção da Câmara da Mata de Souza Coutinho, nascida  a 12-3-1930.

      6-3 D.Maria da Assunção Gomes da Mata de Souza Coutinho, solteira

      6-4 D.Mariana Gomes da Mata de Souza Coutinho, falecida.

5-2 D.Maria da Assunção Madalena Catarina Gomes da Mata de Souza Coutinho, Marquesa de Funchal pelo seu casamento, nascida a 23-8-1870. Casou-se em Lisboa a 27-5-1895 com Dom Agostinho José Maria de Sales de Souza Coutinho, 3º Marquês de Funchal, nascido em Lisboa a 3 de março de 1866, Bacharel em Direito pela Universidade de Coimbra, íntegro magistrado, comendador da ”Real Ordem Militar de N.S.de Jseus Cristo” e Governador civil de Funchal (1899-1900) e de Coimbra ( filho de Dom Rodrigo de Souza Coutinho Teixeira de Andrade Barbosa, 3º conde de Linhares, e da Condessa D.Ana Carlota Maria Josefa Joana Francisca de Assis Xavier de Paula Micaela Gabriela Rafaela Luiz Gon- (414) / zaga de Mendonca Rolam de Moura Barreto, filha dos Duques de Loulé e neta do grande Rei o Senhor Dom João VI. Teve:

      6-1 Dom Domingos Antonio de Souza Coutinho, 4º Marquês de Funchal, capitão de cavalaria do exército português, nascido em Lisboa a 10-10-1896. Casou-se  com D. Maria Rita de Matos Fernandes, Marquesa de Funchal (filha de Miguel de Matos Fernandes e de Maria Luiz Braacamp Freire de Matos, nascida a (6-11-1858) filha dos 1ºs. Barões de  Almerim. Foi autorizado a usar o Título de 4º Marquês de Funchal por Sua Magestade o Rei Dom Miguel II, depois da proclamação da República em Portugal.Tem:

            7-1 Dom Agostinho de Souza Coutinho, nascido a 8-11-1923.

            7-2 D.Maria Luiza de Souza Coutinho, nascida a 19-9-1925

            7-3 D.Maria da Assunção de Souza Coutinho, nascida a 4-2-1927

            7-4 D.Maria Rita de Souza Coutinho, nascida a 12 de março de 1929.

            7-5 Dom Miguel Nuno de Souza Coutinho, nascido a 7-10-1930

            7-6 D.Maria da Graça de Souza Coutinho, nascida a 16-8-1932.

      6-2 Dom Manuel Rodrigo de Souza Coutinho, oficial de cavalaria do exército português, nascido em Lisboa a 25-1-1898, solteiro.

      6-3 Dom Fernando Antonio de Souza Coutinho, ex-oficial de cavalaria do exército português, nascido em Lisboa a 6—6-1901. Casou-se em Nice, com D.Maria Suzana Reizian, filha de Micael Reizian e de D.Rose Bartan Pachá (armênios) s.d.

      6-4 Maria da Assunção de Souza Coutinho,Viscondessa de Santarém, nascida em Lisboa a 14 de dezembro de 1902.Casou-se a 7-6-1926, em Lisboa, com Manuel Francisco de Barros de Saldanha da Gama de Souza de Mesquita de Macedo Leitão e Carvalhosa, 4º Visconde de Santarém.

                     O Visconde nasceu a 22-7-1878, filho dos 2ºs Viscondes de Vila Nova da Rainha. Recebeu o titulo por carta régia de 12-1-1899. Foi camareiro secreto de capa e espada de Sua Santidade o Papa Pio XI e adido á Legação de Portugal em Madrid. É Grã-Cruz da “Ordem do Santo Sepulcro de Jerusalém”, comendador da “Real Ordem Militar de N.S.Jesus Cristo” e condecorado com a medalha de prata comemorativa da coroação do Rei Dom Afonso XIII da (415) /  Espanha. Membro da “Associação dos Arqueólogos Portugueses”, da Sociedade de Geografia de Lisboa”, do “Instituto de Coimbra”, do “Colégio Aráldico”,  da “Arcádia Romana” e do “Conceil Héraldique” de França. É um dos mais ilustres publicistas portugueses. Em 1910, publicou dois volumes com artigos do seu avô o 2º Visconde de Santarém.Tem:

            7-1 D.Maria da Assunção de Barros de Saldanha da Gama de Souza de Mesquita de Macedo Leitão Carvalhosa, nascida a 16 de novembro de 1927

                              7-2 João Diogo de Barros de Saldanha da Gama d Souza de  Mesquita de Macedo Leitão de Carvalhosa, 5º Marquês de Santatem.Nasceu em Lisboa a 20 de outubro de 1929

                     7-3 D.Maria Sofia de Barros de Saldanha da Gama, nascida em Lisboa a 22 de outubro de 1930 

                      7-4 Antonio Nuno Agostinho de Barros de Saldanha da Gama de Souza de Mesquita de Macedo leitão de Carvalhosa, 3º Visconde de Vila Nova da Rainha, nascido em Lisboa a 16 de novembro de 1931.

                      7-5 José Rodrigo de Barros de Saldanha da Gama, nascido a 16 de novembro de 1931.

3-3 D. Leonizia da Serra Freire, nascida em São Luiz do Maranhão, batizada no Sítio “Dublin” a 4 de outubro de 1791.

3-4 D.Emilia, nascida em São Luiz do Maranhão, foi batizada no Sítio “Dublin” a 31 de dezembro de 1792, Casou-se, sem deixar descendentes do primeiro marido. Em 2ªs núpcias, casou-se com Joaquim Guilhon.Filhos:

       4-1 Joaquim Francisco Guilhon, nascido em São Luiz. Casou-se com D.Luiza de Assunção Nunes Gonçalves, filha do Coronel Joaquim Gonçalves e de D.Isabel Marcelina Nunes Belfort, em 1850.

               Joaquim Francisco Guilhon, acima mencionado (4-1) casou-se em 2ªs. núpcias com D.Anna Serra, filha de Joaquim Maria da Serra.

      4-2 D.Emilia Guilhon, nascida em S.Luiz. Casou-se com Fernando Serra.

3-5 D.Branca da Serra Freire, nascida no Maranhão e batizada no Sítio “Dublin” a 2 de

       março de 1794

3-6 Guilherme da Serra Freire, nascido no Maranhão e batizado no Sítio “Dublin” a 17 de

       janeiro de 1796

3-7 D.Jesuína da Serra Freire, nascida no Maranhão e batizada no Sítio “Dublin” a 5 de

      junho de 1797.

3-8 Major Leonel Joaquim da Serra Freire, nascido no Maranhão e batizado no Sítio “Timbotiva” a 2-9-1799. Casou-se com D. (416) /  Rita Leopoldina da Serra Freire, filha de Joaquim Alexandre da Serra Freire e de D. Ana Luzia da Serra Freire, em São Luiz, a 19 de setembro de 1836.(Livro n.8 – fls.180). Falecido em S.Luiz a 15 de abril de 1843 (Livro Óbitos, Sé, nº 12, fls.17).

3-9 Major Joaquim da Serra Freire, nascido no Maranhão e batizado no Sítio “Jundiaí a 25-7-1801. Casou-se com D.Ana Luzia Belfort Serra, filha de José Bernardes da Serra Freire e de D.Angélica Maria Belfort e de D.Ana Luzia Belfort Serra, em São Luiz a 30 de agosto de 1832. Faleceu a 10 de novembro de 1855.Teve:

3-10 Major Lourenço Justiniano da Serra Freire, nascido no Maranhão e batizado no Sítio   “Bom Viver” a 13 de junho de 1803. Casou-se com D.Maria Luiza da Serra Freire,   filha de Joaquim Alexandre da Serra Freire e de D.Ana Luzia Belfort Serra, em são Luiz a 30 de agosto de 1832.Faleceu a 10 de novembro de 1855.Teve:

         4-1 José Bernardes da Serra Freire, nascido no Maranhão a 10 de outubro de 1840 e 

                batizado no Sítio “Santa Bárbara” a 13 de dezembro de 1840.

3-11 D.Lavinia da Serra Freire, nascida no Maranhão e batizada no Sítio “Bom Viver” a 12 de setembro de 1804.

      2-3 Dr. Lourenço Belfort, nascido em São Luiz do Maranhão. Formado pela Faculddade de

             Medicina da Universidade de Coimbra.Casou-se com D.Maria Lina Belfort.Faleceu a 23

            11-1803, conforme  se vê do assento de óbito existente no Livro VIII da Sé Catedral a fls.8.

             “Aos 23 de Novembro de 1803, nesta Cidade do Maranhão Freguesia de N.S. da Victoria, faleceo somente com os Sacramentos da Penitencia e Extrema Onção, por não poder receber o Sagrado Viatico Lourenço Belfort, Bacharel formado na Faculdade de Medicina, pela Universidade de Coimbra, natural da freguesia do Rozario da Ribeira do Itapicurú deste Bispado, filho legitimo de Ricardo Belfort e sua mulher 1ª D.Joana Esmeria de Jesus,  já falecidos. Era cazado com D.Maria Lina Belfort, sem filhos”.

      2-4 D.Ana, nascida em São Luiz.Casou-se com Antonio Pedro Serra.Teve:

             3-1 D.Antonia Senhorinha Belfort Serra, batizada em perigo de vida a 5-9-1794 na Fazenda Lago dos Patos e completado o batismo a 21 do mesmo mês na  Fazenda Kilrue. Casou-se com o tenente Fernando Antonio Carneiro, filho de Aires da Serra Carneiro Homem de Souto Maior e de D. Maria Joaquina Belfort (com descendência adiante mencionada).

Ricardo Belfort acima mencionado (1-2) casou-se em 2ªs. núpcias com D.Maria Isabel de Paula.Falecido a 7 de julho de 1783, em S.Luiz do Maranhão.(Livº de óbitos Sé, nº 4, fls.94).Teve:

2-5 Francisca Inácia, nascida em S.Luiz do Maranhão. Casou-se com o tenente Lourenço de

       Castro Belfort, filho do sargento-mor Bernardino Pereira de Castro e de D. Rosa Maria

       Belfort, em São Luiz, a 30 de novembro de 1790.Teve:

       3-1 Joaquina Rita de Castro Belfort, nascida em S.Luiz. Faleceu a 11 de janeiro de 1820 com 18 anos de idade, tendo sido casada com o brigadeiro Manoel de Souza Pinto Magalhães, Barão de Turiassú, natural da Vila do Porto, Portugal.

       3-2 Coronel Lourenço Luzitano de Castro Belfort, nascido em São Luiz. Casou-se a 17-2-1833 com D.Cândida Veridiana de Quadros, filha de Inácio Pedro Quadros e de D.Benedita Rosa de Araújo Quadros. (Livro nº 8 – 1824-1841 – fl.120).Teve:

            4-1 Francisco Joaquim de Castro Belfort, nascido em São Luiz.Casou-se com D. Altina Rita da Silva, filha do capitão João da Silva Campos e de D.Rita Cândida Gomes da Silva. Em São Luiz, a 3-2-1852.

2-6 D.Rosa Maria, falecida em S.Luiz em 1779.Casou-se com Joaquim José Gomes.  Faleceu a

      18-5-1814  (Livr.º 8, Sé Catedral, fls.296). Teve:

       3-1 D.Arcelinda Rosa Belfort Gomes, nascida em S.Luiz.Casou-se com Joaquim de Seixas Correia em 1838 

3-2 Ascânio Júlio Belfort, nascido em S.Luiz.Casou-se com D.Prudência Matildes   Siqueira, filha de Joaquim José de Siqueira e de D.Rosa Lima da luz Lopes, em São Luiz a 12-1-1833.

2-7 João Raimundo Belfort, nascido em São Luiz em 1782.Casou-se com D.Leonor de

      Quebedo.Teve:

 3-1 D.Mariana, nascida em São Luiz.Casou-se com Alexandre Cantanhede.Teve:

        4-1 D.Maria Belfort Cantanhede

        4-2 D.Raimunda Belfort Cantanhede

        4-3 D.Balbina Belfort Cantanhede

 3-2 D.Maria Guilhermina, nascida em S.Luiz. Casou-se com Ascânio Belfort, seu   primo,     

        viúvo de D.Prudência Matildes Siqueira.Teve:

       4-1 Julio Belfort, nascido em S.Luiz.Casou-se com D.Ana Belo, filha de

              Raimundo Belo.

       4-2 D.Leonor Belfort, nascida em S.Luiz.

 3-3 Ricardo Belfort, nascido em S.Luiz

 3-4 Cesar Augusto de Quebedo Belfort, nascido em S.Luiz em 1811.Casou-se com D.Ana Sofonista da Serra Carneiro, filha do tenente Fernando Antonio Carneiro e de D.Antonia Senhorinha da Serra Freire, em S.Luiz, a 20 de julho de 1833, na Capela do paço Episcopal.Teve:

4-1 D.Leonor, nascida em S.Luiz a 10-1-1841.

4-2 César Augusto, nascido em S.Luiz a 8-1-1840 e batizado a 12-3-1844

4-3  D.Ana Filomena, nascida em S.Luiz a 20 de junho de 1843 e batizada a 12 de maio de 1844.

§ III 

3        Guilherme Belfort, nascido em São Luiz do Maranhão.Casou-se, não tendo deixado descendentes.(418).

------------------------------

Nota do autor da página

Em futuro próximo, apresentaremos a GENEALOGIA da linha ascendente e descendente do 2º matrimônio de LOURENÇO BELFORT

Estamos contando para isso, com a colaboração de todos aparentados, ligados direta ou indiretamente, a essa genealogia. 

Quaisquer, adendas, correções e complementações, solicitamos entrar em contato pelo e-mail:

vaicomfe@ig.com.br

 

 

1